Atualidade:  Futebol SAD  |  Formação  |  Futsal  |  Basquetebol  |  Veteranos Facebook Contatos
       
 
ARQUIVOS: SENIORES
CONHEÇA O PLANTEL DE 1983/1984
quinta, 24 de outubro de 2013
DEBUG

Manuel José chegava a Portimão para construir as bases do melhor Portimonense de todos os tempos.

Adaptado de um artigo do desativado "blog do portimonense"

 

 

O plantel era constituído pelos seguintes elementos:
 

Guarda-redes:

 
Vítor Damas: Foi Internacional A e guarda-redes do Sporting, Santander, Vitória de Guimarães e Portimonense. É considerado por muita gente o melhor guarda-redes português de todos os tempos ou pelo menos um dos melhores. Infelizmente já não está entre nós.
 
Tavares: Por razões óbvias estava tapado por Vítor Damas e confinado ao banco de suplentes.
 
Barão II: Era o terceiro guardião.
 

Defesas:

 
Coelho: lateral-direito de grande nível, Internacional A pelo Portimonense e proveniente do Sporting de Espinho. 
 
Balacó: central de baixa estatura mas com uma entrega ao jogo louvável. Chegou a ser equacionada a sua transferência para o Sporting mas acabou por não se concretizar o negócio. Também chegou ao Portimonense proveniente do Sporting de Espinho.
 
Freitas: central que chegou a Portimão no final de carreira proveniente do F.C.Porto. Internacional A. Era considerado o defesa mais "duro de roer" e que mais faltas coleccionava. Antes do F.C.Porto brilhou no Belenenses.
 
Barão I; outro "tanque" que jogava nos limites da dureza. Internacional A e transferiu-se do Sporting para o Portimonense. 
 
Derinho; jovem jogador feito nas escolas do Portimonense que raramente foi chamado à primeira equipa e mesmo ao lote de convocados.
 
João Gouveia; lateral esquerdo proveniente do Vitória de Guimarães e feito nas escolas do F.C.Porto.
 
Simões; central contratado ao F.C.Porto e Internacional A. Jogador elegante e de grande qualidade que com Freitas fez uma excelente dupla de centrais durante várias épocas no F.C.Porto.
 

Médios:

 
Nelsinho; brasileiro que impunha criatividade no meio campo e que alternava a titularidade com o banco. Em todas as fotos apresentava um rasgado sorriso nos lábios. Ainda jovem, na casa dos trinta, viria a falecer no Brasil devido a um enfarte.
 
Vítor Oliveira; médio que mais tarde viria a substituir Manuel José no comando do Portimonense, precisamente no ano das Competições Europeias. Tinha passado como jogador pelo Sporting de Espinho e pelo Sporting de Braga.
 
Fernando Martins; extremo esquerdo que rubricou grandes exibições com as cores do Portimonense. Passou ainda pelo Estoril e pelo Marítimo. Também já não está entre nós.
 
Luís Saura; pequeno na estatura mas grande na atitude. Chegou ainda muito jovem ao Portimonense proveniente do Rio Ave. Era irmão de Paquito que brilhou no Vitória de Guimarães e que mais tarde ingressaria no F.C.Porto.
 
Pedroto; médio de grandes recursos.
 
Luciano D'Onofrio; médio italo-belga indicado por Norton de Matos ao Portimonense que mais tarde e como todos devem saber tornou-se um empresário de reconhecidos préstimos.
 
Abreu; médio organizador de jogo e também ele Internacional A. Um líder dentro do campo e um exemplo fora dele. Durante muitas épocas foi capitão do Vitória de Guimarães.
 
Fernando; outro produto das escolas do Portimonense, na altura médio. Mais tarde, já na IIª Divisão, seria capitão e afirmar-se-ia como defesa direito.
 
Robertus; médio dos júniores natural da Holanda e que alinhou apenas numa partida e durante 8 minutos.
 

Avançados:

 
Norton de Matos; avançado que se tornaria no primeiro Internacional A da história do Portimonense. Chegou a Portimão proveniente do Standard de Liége e afirmou-se como um fantástico avançado, tanto em termos técnicos como físicos. Tinha saído muito jovem de Portugal para a Bélgica e quando regressou tinha-se tornado um jogador muito mais forte em todos os capítulos. Foi formado nas escolas do Benfica e teve passagens pelo Belenenses, antes do Standard e após o Portimonense e mais tarde acabaria a carreira ao serviço do Estrela da Amadora. 
 
Rui Àguas; descoberto por Manuel José no Atlético onde formava dupla atacante com Cabral. Vivia à sombra de um apelido e apenas lhe chamavam o "filho do Zè Àguas". Graças à sua afirmação no Portimonense conquistou por direito próprio um lugar na História do Futebol Nacional, tanto em termos de Seleção como ao serviço do Benfica e do F.C.Porto.
 
Serge Cadorin; Norton de Matos conhecia-o de Liège. Cadorin alinhava pelo F.C.Liège e Norton de Matos pelo Standard de Liége. Referenciou-o à Direção do Portimonense e chegava ao nosso clube um dos melhores e mais fortes avançados que pisaram os relvados nacionais. Todos admiravam os seus recursos e a forma como discutia cada lance. 
 
Niromar; jogador oriundo do Brasil que acabou por ficar tapado pelos nomes atrás mencionados. Deu nas vista no Beira-Mar e chegou ao F.C.Porto sem se conseguir afirmar. Após ter saído do Portimonense representaria o Sporting da Covilhã.
 
Lúcio; Foi contratado ao Vitória de Guimarães e também devido às mesmas razões apresentadas para Niromar acabou por não ser muito utilizado.
 
José Armando; mais um natural de Portimão, pouco utilizado mas permaneceu ao serviço do Portimonense durante algumas temporadas. 
 
Cabral; Acabou por ser emprestado no decorrer dessa temporada,  mas mais tarde voltaria ao Portimonense. Acabou por muitos anos depois de ter chegado a Portimão afirmar-se como lateral esquerdo. Jogou praticamente toda a carreira alternando o Portimonense com o Beira-Mar. 

 
Apesar de todos estes grandes nomes que constituiam o nosso plantel, acabámos a temporada em 10º lugar com 10 vitórias, 6 empates e 14 derrotas. 27 golos marcados e 37 sofridos. Totalizámos 26 pontos. Na altura a vitória dava apenas 2 pontos. 
 
O Campeonato seria ganho pelo Benfica de Eriksson e nas posições seguintes surgiriam à nossa frente e por ordem: F.C.Porto (Pedroto e Morais), Sporting (Venglos), Sporting de Braga (Quinito), Vitória de Setúbal (Manuel de Oliveira), Vitória de Guimarães (Stessl/João Fortes/Djunga/Alfredo Murça), Boavista (Henrique Calisto), Varzim (José Torres) e Rio Ave (Félix Mourinho). Atrás do Portimonense ficaram: Salgueiros (Octávio Machado/António Fidalgo/António Jesus/António Fidalgo), Farense (Hristo Mladenov/Manuel Cajuda), Penafiel (Fernando Tomé/Luís Miguel/Ferreira da Costa), Estoril (António Medeiros/Mário Wilson), Recreio de Àgueda (José Carlos/Albano Soares) e Sporting de Espinho (Àlvaro Carolino/Hernâni Gonçalves).
 
 
10º lugar (16 equipas) no Campeonato Nanional da 1ª Divisão.
10 vitórias, 6 empates, 14 derrotas, 27 golos marcados-37 golos sofridos, 26 pontos.

Treinador:

Manuel José
 

Guarda-redes:

Vítor Manuel Afonso DAMAS de Oliveira "cap." (29 jogos)
José Manuel Jesus TAVARES Santos (1 jogo)
LUÍS Manuel Coelho BARÃO da Silva (0 jogos)
 

Defesas:

Carlos João Pinto COELHO (27 jogos)
Carlos Manuel Picado da Silva Ribeiro (BALACÓ) (26 jogos)
Fernando José António FREITAS Alexandrino (25 jogos)
Francisco da Cruz BARÃO (25 jogos)
Desidério Manuel da Costa Cabrita (DERINHO) (2 jogos)
JOÃO Ribeiro GOUVEIA (14 jogos)
Carlos António Fonseca SIMÕES (19 jogos)
 

Médios:

Nélson Dutra da Silva (NELSINHO) (26 jogos)
VÍTOR Manuel OLIVEIRA (24 jogos)
FERNANDO Aurélio Reis MARTINS (26 jogos)
LUÍS Ernesto da Costa SAURA (23 jogos)
António Carlos Bernardino (PEDROTO) (16 jogos)
LUCIANO D’Onofrio (1 jogo)
José Carlos Gonçalves ABREU (11 jogos)
FERNANDO Manuel da Costa Cabrita (2 jogos)
ROBERTUS Franciscus Van Berkel (1 jogo)
 

Avançados:

Luís Maria NORTON DE MATOS (30 jogos)
José RUI Lopes ÁGUAS (26 jogos)
NIROMAR Martins Campos (10 jogos)
Serge Henry Helene CADORIN (12 jogos)
LÚCIO Mota Matos (10 jogos)
JOSÉ ARMANDO Marcelo Alberto (3 jogos)
Manuel Jorge Ferreira Delgado CABRAL (0 jogos)
 
 

Golos:

Norton de Matos 6
Cadorin 5
Pedroto 4
Vítor Oliveira 3
Rui Águas 3
Fernando Martins 2
Nelsinho 1
Abreu 1
Niromar 1
José Armando 1

 

 



Noticia vista 2067 vezes


Estes Arquivos, são um projecto de Lúcio Sacristão, que desde o inicio do site oficial do clube em 2009, procura reunir neste espaço todos os resultados, factos e imagens que digam respeito à história do Portimonense.

Este contributo pessoal para perpetuar a história deste clube centenário pode apresentar algumas lacunas ou erros devido à falta de dados oficiais que comprovem os resultados ou os artigos escritos e publicados pelo autor, pelo que o Clube/SAD são isentos de responsabilidade dos conteúdos, uma vez que a elaboração dos mesmos muitas vezes apenas são possíveis graças à colaboração de pessoas que contribuem com as suas memórias e fotos/imagens ou à consulta de sites e publicações externas.

O conteúdo das várias publicações nesta secção, visam apenas um teor lúdico e de entretenimento, não sendo de modo algum vinculativas e estão em constante atualização, sendo a vossa ajuda sempre muito bem vinda, seja qual for o assunto ou modalidade deste grande clube que já leva mais de 100 anos de existência.

BIBLIOGRAFIA/WEBGRAFIA/FONTES: 1914/2003 - 89 Anos de História do PSC de Armando Alves, zerozero.pt,
ARQUIVO C.F.E.L (www.lacobrigolagos.blogspot.com), Antigas Glórias do Futebol Algarvio e Alentejano (www.algarvalentejo.blogspot.com), História dos Campeonatos de Futebol em Portugal de Giusepe Giorgio, foradejogo.net, www.futebol365.net, ligaportugal.pt, www.arquivista.wordpress.com, Costumes e Tradições de Portimão (facebook), Cromos da bola da minha infância (facebook) de Jorge Manuel Soares e o sempre prestável e especialista nestes assuntos, o Miguel Luis.


Opcionalmente, se tiver uma conta Google, pode deixar aqui o seu comentário.

  
 
Produzido por Lúcio Sacristão para o Portimonense Sporting Clube e Portimonense Futebol SAD - 2016 @ Todos os direitos reservados